Latest

O crescente negócio dos esportes

O crescente negócio dos esportes - O crescente negócio dos esportes

Quando se fala que futebol não é só um esporte, sem dúvidas essa afirmação está correta. Não só as paixões que desperta, mas também sua importância social e a necessidade da prática esportiva por uma questão de saúde física e mental.

Mas outra importância que foi explorada e é cada vez mais notável é o peso financeiro que os esportes têm. Diversas indústrias, como turismo, alimentação, e cultura se colaram aos esportes e ganharam com isso.

O enorme montante de dinheiro

O enorme montante de dinheiro - O crescente negócio dos esportes

A boa gestão dos esportes começou a criar receitas onde antes não existia. O exemplo do futebol não é o único, mas é o mais marcante por seu alcance global. Uma final de Copa do Mundo alcança 2 bilhões de pessoas e gera uma infinidade de opções: marcas querem expor seus produtos e empresas de todo tipo tentam se ligar a um evento de imensas proporções. Por exemplo, casas de apostas lançam seus Melhores bônus de apostas em eventos do tipo para conquistar novos clientes e fidelizar antigos.

Clubes de futebol também ficaram mais atentos a essas possibilidades e começaram a laçar produtos oficiais, vender direitos de televisão, espaços em seus uniformes, programas de sócio-torcedor, criaram estádios que oferecem muito mais que um lugar na arquibancada e expandiram suas marcas explorando seus potenciais.

Esse crescimento nas fontes de receita beneficia a todos, inclusive os consumidores. E ainda há muito espaço para crescer, como comprovam os eSports, ou esportes eletrônicos, que tiveram um crescimento imenso nos últimos anos e hoje já podem ser considerados populares, com milhões de seguidores e empresas explorando sua fama.

A ligação entre alimentação e esportes

A ligação entre alimentação e esportes - A ligação entre alimentação e esportes

Poucas coisas são tão ligadas como alimentação e a prática esportiva. Por mais que isso pareça óbvio, a conexão entre uma coisa e outra por muito tempo não foi tão falada. Com o avanço da medicina esportiva e o interesse de atletas, clubes e profissionais na melhora de desempenho, a alimentação passou a ser fundamental, com atletas como Cristiano Ronaldo, Tom Brady (astro de futebol americano) e LeBron James (estrela do basquete) destacando a todo momento suas dietas, rotinas, e até sacrifícios relacionados à ingestão de alimentos.

A importância cada vez maior dada aos esportes

A importância cada vez maior dada aos esportes - A ligação entre alimentação e esportes

Cada vez mais tudo que envolve o esporte ganha importância e devido interesse, já que é um mercado que movimenta bilhões de dólares, e a paixão de milhões de pessoas, que assistem jogos, entram em sites de Apostas esportivas para dar seus palpites, compram produtos e torcem. Não só há a importância social do esporte, como ainda a questão da saúde, e uma inquestionável fonte de entretenimento. O esporte está em nossas vidas diariamente, e cada vez mais temos informações sobre o assunto e uma ciência por trás de tudo.

Até os esportistas ”de fim de semana” sabem da importância da alimentação para uma boa prática esportiva, precisando evitar, por exemplo, alimentos pesados e bebidas alcoólicas antes de se exercitarem. A escolha de nutrientes também se tornou algo mais comum. Por isso aqui no site visamos dar espaço para tudo o que envolve esporte, alimentação, e até o fornecimento de alimentos para eventos e todas as pessoas envolvidas. Desde atletas, trabalhadores, convidados, torcedores, enfim, tudo que envolve um grande evento esportivo.

Como escolher um fornecedor de alimentos?

Como escolher um fornecedor de alimentos  - Como escolher um fornecedor de alimentos?

Você precisa organizar um evento esportivo e não sabe bem como escolher fornecedores, especialmente de alimentos, e por onde começar? Abaixo daremos algumas dicas para que você tire esse item da sua lista de afazeres e consiga organizar um evento excelente.

Primeiro é preciso saber quais serão os grupos considerados para esse fornecimento de alimentos? São os esportistas? Se sim, isso exige um cuidado especial, porque a prática esportiva exige determinadas ingestões de alimentos e bebidas que são totalmente diferentes do que pode ser oferecido para convidados. Outro grupo pode ser imprensa, VIPs, colaboradores do evento. Enfim, há diversas variáveis.

Segundo: preço e qualidade são muito importantes, e por isso é interessante que seja feita uma pesquisa considerando indicações e pedindo pelo menos uma prova. Não é inteligente descobrir como é feito o trabalho e a qualidade do fornecedor apenas no dia do evento. Assim como em outros eventos, esses fornecedores estão acostumados a oferecer sessões de prova e também para conhecer as necessidades do cliente.

Eventos esportivos exigem maior organização

Eventos esportivos exigem maior organização - Como escolher um fornecedor de alimentos?

Foram-se os tempos que grandes eventos eram feitos a ”toque de caixa”, abrindo os portões e deixando todo mundo se virar. Hoje os eventos esportivos têm um enorme planejamento, uma atenção gigantesca do mundo inteiro, que pode assistir de longe, fazendo Apostas online, ou se envolvendo emocionalmente. É preciso ter cuidado com datas, ter um entendimento do público, e uma carga maior de planejamento e entretenimento para satisfazer a todos.

Por isso é preciso que um organizador tenha isso em mente e seja cuidadoso com todas as facetas, inclusive o fornecimento de alimentos e bebidas com empresas confiáveis, e de boa qualidade. Sem dúvidas, seguindo as dicas acima sua taxa de acerto já será bem maior.

Franquias de alimentos têm esporte como trampolim

Franquias de alimentos têm esporte como trampolim - Franquias de alimentos têm esporte como trampolim

A união entre grandes franquias de alimentos, bebidas e os esportes é de longa data. Atletas servem de garotos-propaganda para todo tipo de produto alimentício, desde redes de fast food, refrigerantes, café, bebidas energéticas, e até bebidas alcóolicas. A sinergia é clara.

Apesar da recente polêmica envolvendo Cristiano Ronaldo e uma conhecida marca de refrigerantes, é fácil saber porque marcas de comida e bebida vão atrás dos esportes: parar duas horas na frente da televisão, seja em casa, no bar, ou num estádio é quase um convite ao consumo.

Tradição em vários países, mas especialmente nos EUA

Tradição em vários países mas especialmente nos EUA - Franquias de alimentos têm esporte como trampolim

Os americanos tratam o esporte como uma forma nobre de entretenimento, e o beisebol, por exemplo, é um dos mais propícios para uma boa refeição, ainda mais porque o jogo é longo e tem paradas constantes.

Os estádios de beisebol da MLB (Major League Baseball, a principal liga norte-americana) são conhecidos por seus pratos, que podem ser desde um simples cachorro quente, só com pão, salsicha e mostarda, até coisas muito elaboradas.

Aos poucos o futebol foi aceitando que o que acontece em volta do campo também é um espetáculo por si só, e a modernização dos estádios foi permitindo a entrada de grandes franquias de alimentos, que exploraram um público à procura de algo para ”encher o estômago”.

A importância de uma boa alimentação não é só restrita ao público, mas especialmente para os atletas, que cada vez mais se preocupam com a ciência que existe por trás de cada ingrediente, nutriente e produto. Há atletas que são conhecidos por não se importar tanto, e até ter aquela ”barriguinha saliente”, enquanto outros tratam cada coisa que passa por sua boca como gasolina para sua atividade.

Proteínas, carboidratos, sais minerais, gorduras saudáveis, tudo muito bem calculado para a melhor prática física e desempenho do corpo. E isso pode, sim, envolver as franquias de alimentos, que cada vez mais se preocupam em oferecer comidas saudáveis. A união entre elas e esportistas não tem data de validade.

O melhor fornecedor de alimentos para eventos esportivos

O melhor fornecedor de alimentos para eventos esportivos - O melhor fornecedor de alimentos para eventos esportivos

Como saber se uma empresa é uma boa fornecedora de alimentos para eventos esportivos? Os eventos desse tipo são um desafio especial, porque existem diversas variáveis a serem pensadas, e os públicos podem ser grandes. Portanto, o primeiro passo para saber se um fornecedor de alimentos para eventos esportivos é bom, é notar se ele dá a devida importância a isso.

Infelizmente muitos serviços do tipo não se preocupam em conhecer os clientes e suas necessidades, vendendo pacotes fechados, que podem não ser interessantes, levando a desperdícios e baixa qualidade.

Variedade com bom preço

Claro que o preço sempre será algo que importa bastante, mas não subestime a experiência em fazer eventos do tipo. Essa expertise é excelente no momento que há contratempos – sempre pode existir um – e inclusive a pensar em quantidades, necessidades, e o que pode funcionar e o que não funciona.

Uma boa forma de pensar na alimentação que será oferecida é “quebrar” os presentes no evento em grupos. Esportistas têm certas necessidades, enquanto VIPs, colaboradores, público e outros, têm também suas especificidades, o que torna o trabalho mais desafiante.

Todo o planejamento precisa estar baseado na organização e em possibilidades reais para que o evento não seja um fiasco de organização. Para quem tem alguma dúvida se isso pode acontecer, um exemplo é o Fyre Festival, um desastre de proporções épicas. Por isso planeje inclusive o que é imprevisível, algo que o Oscar de 2021 fez de forma incrível, saindo de seu lugar tradicional para uma cerimônia mais restrita – mas ainda com seu charme.

Seja para escolher o fornecedor de alimento, ou qualquer outro aspecto do evento esportivo, tenha em mente que o plano pode mudar, mas mantendo a qualidade.

Eventos esportivos exigem grande preparação

Eventos esportivos exigem grande preparação - Eventos esportivos exigem grande preparação

Os eventos esportivos maravilham as pessoas, desde os mais modestos e regionais, até os eventos mundiais, que chamam a atenção de milhões – e até bilhões – de pessoas. O espectador, ou até o público presente, vê apenas o que acontece no “palco”, mas pode ficar impressionado com a verdadeira batalha que é organizar esse evento.

A verdade é que não há apenas uma forma de organizar um evento esportivo, porque há inúmeras variáveis. Qual é o local? Ele é aberto ou fechado? Depende do tempo? Terá público presente? Serão vendidos ingressos? O local escolhido está bem cuidado, tem horário disponível e todas as licenças para operar? Como os atletas chegarão ao evento? Eles precisarão de hospedagem?

Essas são apenas algumas perguntas, sendo que existem muitas mais. A logística a ser enfrentada é enorme, e pode exigir a contratação de profissionais e a colaboração de trabalhadores indiretos, como empresas de alimentação, bebidas, segurança, limpeza, etc.

O futebol é um desafio

O futebol é um desafio - Eventos esportivos exigem grande preparação

Por acontecer a todo momento, parece até que um jogo de futebol envolve um gramado, dois times, um árbitro e acabou. Não é assim, tanto que existem profissionais dedicados apenas a cuidar da parte da realização de um jogo. Para citar um exemplo do futebol brasileiro profissional, é necessária a liberação do Corpo de Bombeiros, presença de policiais, e de uma ambulância no gramado.

O conforto do público é um grande fator de importância, e o oferecimento de opções de alimentação e bebidas se tornou algo básico. Mas além dos espectadores, os colaboradores, atletas e equipes técnicas também merecem atenção e uma logística própria. Ou seja, estamos falando de um processo realmente complexo e com muitos fatores envolvidos.

Fornecedores de comida: é legal confiar em uma franquia?

Fornecedores de comida é legal confiar em uma franquia  - Fornecedores de comida: é legal confiar em uma franquia?

O fornecimento de comida para um evento é fundamental no planejamento de qualquer encontro, seja entre poucas pessoas, ou até milhares. No caso de um evento esportivo, a especificidade é ainda maior, porque são várias coisas a se considerar: qual é o público, se há diferentes grupos que precisam de diferentes opções, preço, qualidade, e a lista continua.

Por isso, fazer uma lista de melhores fornecedores de comida não é fácil. O ideal é que o organizador do evento tenha algumas opções, e busque, com fontes confiáveis, e até indicações, quais empresas de fornecimento são boas.

A opção por uma franquia alimentícia faz todo o sentido: ter chegado a esse ponto indica uma experiência no mercado e dado sucesso. Essa franquia terá uma estrutura de cozinha, ingredientes e profissionais para atender as maiores demandas. Algo muito comum nesse ramo são imprevistos que afetam o combinado, ou até complicam bastante o planejado, por isso, confiar em um grande fornecedor, possa talvez ser uma boa ideia.

Algo para ficar de olho

Algo para ficar de olho - Fornecedores de comida: é legal confiar em uma franquia?

Entretanto, um grande fornecedor de comida pode não ser uma boa escolha: a criação de pratos e opções no método industrial pode impactar no gosto, isso sem contar se são usados conservantes e outros tipos de químicos.

É também comum que exista uma padronização maior dos alimentos, algo que algumas pessoas podem achar sem graça. Por isso, antes de fechar qualquer acordo de fornecimento de comida, é legal fazer uma prova, algo muito comum nesse meio. Fazendo essa prova é possível ter completa noção do que será oferecido e, se aprovado, novamente, a estrutura física e de profissionais darão uma tranquilidade maior para o organizador. Isso é sempre bom.